Lilian Divina Leite

Um milagre

Meu amado irmão está com câncer no intestino, estágio 3. Hoje ele fará uma cirurgia para tirar parte do intestino, para depois então começar a quimioterapia.

Ele falou por telefone que tinha que me contar um milagre e quando chegou na minha casa, me  contou como descobriu o câncer.

Por mais fé que tenhamos, perdemos o chão com uma notícia dessas.  Somos humanos, então somos acometidos por um turbilhão de sentimentos, entre eles, profunda tristeza. Se Jesus sentiu-se profundamente triste¹, imagina nós. Se fosses uma fortaleza não precisaríamos do Espírito Santo Consolador.

Se eu estou com medo e assustada, penso como não deve estar meu irmãozinho. Graças a Deus ele tem muitos amigos e filhos queridos que o amam, mas tenho certeza que ele gostaria muito que o paizinho e a mãezinha dele estivessem com ele agora, mas infelizmente, por uma triste tragédia da vida, ele não tem mais a mãe, e o seu paizinho que o ama tanto, não pode saber do câncer porque está morrendo com a mesma doença e certamente não suportaria a notícia.

Confesso que sinto certo conforto em saber que a minha mãe foi poupada de ver seu filho amado com esta doença horrorosa.

No final do ano passado e início deste ano, eu soube que estava acontecendo alguma coisa no mundo espiritual²,  andava pela casa clamando, chorando e falando em línguas espirituais para que o Espírito de Deus pudesse interceder³ como convém a respeito de algo que eu não fazia ideia do que se tratava. Por vezes eu olhava para os meus filhos e falava: _ está acontecendo alguma coisa, eu não sei o que é, mas tenho certeza que está acontecendo alguma coisa no mundo espiritual.

Eu pensei que talvez pudesse se tratar de algo material, mas Deus estava cuidando de algo muito maior. Ele estava fazendo um milagre, assim como meu irmão disse e não soube ao certo explicar, e eu ainda não soube entender completamente.

Tem dias que sentimos que conseguimos alcançar algo além do visível e palpável. Aconteceu isto dia 15.02.2018, por volta das 13:00 +-, durante uma intercessão pela vida do meu irmão, de repente eu não estava mais no meu quarto, mas na sala do Trono de Deus, clamando intensamente em uma linguagem que desconheço e que sei que não falaria se não fosse pela fé. Ao final da intercessão eu estava exausta, como se realmente estivesse me colocado no lugar dele por alguns momentos. É maravilhoso quando Deus nos permite vivenciar uma intercessão assim.

As vezes pensamos ingenuamente que Deus se preocupa com as mesmas coisas que nós nos preocupamos e esquecemos que os caminhos e os pensamentos Dele são bem mais altos que os nossos.

Eu não sei o que ou como Deus irá fazer o milagre. Mas sei que o milagre está acontecendo e será manifesto, não do meu jeito, mas do jeito Dele, não como eu quero, mas conforme  Deus quer e pode fazer.

 

São Paulo, madrugada de 17 de Fevereiro de 2018.

 

 

Eu, meu pai e me irmão* Meu pai, eu e meu irmão

 

1 – E disse-lhes: A minha alma está profundamente triste até a morte; ficai aqui, e vigiai.
E, tendo ido um pouco mais adiante, prostrou-se em terra; e orou para que, se fosse possível, passasse dele aquela hora.
E disse: Aba, Pai, todas as coisas te são possíveis; afasta de mim este cálice; não seja, porém, o que eu quero, mas o que tu queres.
Marcos 14:34-36

2 – Então me disse: Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia em que aplicaste o teu coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, são ouvidas as tuas palavras; e eu vim por causa das tuas palavras.
Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia.
Agora vim, para fazer-te entender o que há de acontecer ao teu povo nos derradeiros dias; porque a visão é ainda para muitos dias.
Daniel 10:12-14

3 – E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.
E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos.
E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
Romanos 8:26-28

4 – Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os seus pensamentos.
Assim como a chuva e a neve descem dos céus e não voltam para ele sem regarem a terra e fazerem-na brotar e florescer, para ela produzir semente para o semeador e pão para o que come,
assim também ocorre com a palavra que sai da minha boca: Ela não voltará para mim vazia, mas fará o que desejo e atingirá o propósito para o qual a enviei.
Isaías 55:9-11

5 – Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.
1 Coríntios 14:2

6 – E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve.
1 João 5:14

 

Anúncios

fevereiro 17, 2018 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Carta aberta aos PASTORES sobre a Reforma da Previdência por William Douglas (Juiz de Direito)

TEMER, DEUS E O DIABO NA TERRA DA PREVIDÊNCIA
(Uma carta aberta aos pastores e parlamentares evangélicos)

Senhores Pastores,
Senhores Parlamentares Evangélicos,

Foi noticiado que o Presidente Temer está querendo o vosso apoio para a reforma da Previdência. Na qualidade de Juiz Federal e evangélico, e, tendo em vista a vossa crença (que também é a minha), escrevo baseado não na Constituição e nas leis, mas na vossa Bíblia, para chamar cada um dos senhores, irmãos em Cristo, à reflexão.

Esta não é uma questão política, nem uma negociação, mas uma situação na qual cada um dos senhores tem uma responsabilidade perante Deus. Vosso posicionamento precisa levar em conta as Escrituras.

Assim, encaminho pontos para vossa reflexão, baseados na Bíblia, textos que os senhores certamente conhecem.

1) Mais importa obedecer a Deus do que aos homens, mesmo que ele seja o Presidente da República (Atos 5:29).

2) Não pode o homem de Deus se contaminar com as “iguarias do rei” (Daniel 1:8). Se a Bíblia manda ficar do lado dos órfãos e viúvas, escolham esse lado.

3) Jesus não tem pacto em apoiar a mentira.

João 8:44 diz que o diabo é o pai da mentira, e que não temos por pai ao diabo. Os argumentos da Reforma são mentirosos.

3.1. A CPI da Previdência, em seu relatório final, disse que inexiste o alegado déficit da Previdência. Diz mais: há inconsistência de dados e de informações anunciadas pelo Poder Executivo, que “desenham um futuro aterrorizante e totalmente inverossímil”, com o intuito de acabar com a previdência pública e criar um campo para atuação das empresas privadas. Segundo o relatório da CPI, as empresas privadas devem R$ 450 bilhões à Previdência e, para piorar a situação, conforme a Procuradoria da Fazenda Nacional, somente R$ 175 bilhões correspondem a débitos recuperáveis. Uma das propostas do relatório é aumentar para R$ 9.370,00 o teto dos benefícios do Regime Geral da Previdência Social (RGPS), que atualmente é de R$ 5.531,31. (Disponível em: <https://www12.senado.leg.br/noticias/ materias/2017/10/25/cpi-da-previdencia-aprova-relatorio-final-por-unani midade>.)

3.2. O governo está fazendo uma campanha difamatória contra os servidores públicos, omitindo que o servidor recolhe 14% sobre seu vencimento bruto, e não 8% sobre o teto do INSS; omitindo que o servidor continua a recolher para a Previdência mesmo após sua aposentadoria; omitindo que o servidor não tem FGTS, omitindo que o governo não recolhe sua alíquota em relação aos servidores. Em suma, os servidores são colocados como vilões, o que é uma campanha imoral e antiética.

3.3. O governo omite a informação de que ele mesmo vem historicamente desviando o dinheiro da Previdência para outras finalidades.

Podemos e devemos apoiar melhorias legislativas, mas essa reforma precisa ser feita com informações reais. Não pode ser agora, não pode ser desse jeito. Em especial, não pode ignorar o item que segue.

4) A Bíblia manda cuidar dos órfãos, dos idosos, dos doentes e das viúvas. Recordem-se, ao conversar com os emissários do governo, e advirtam-nos, daquilo que diz a Palavra de Deus:

“Maldito quem negar justiça ao órfão ou à viúva.” (Deuteronômio 27:19)

“Parem de fazer o mal, aprendam a fazer o bem! Busquem a justiça, acabem com a opressão. Lutem pelos direitos do órfão, defendam a causa da viúva.”.(Isaías 1:16,17)

“Ai daqueles que fazem leis injustas, que escrevem decretos opressores, para privar os pobres dos seus direitos e da justiça os oprimidos do meu povo, fazendo das viúvas sua presa e roubando dos órfãos! Que farão vocês no dia do castigo, quando a destruição vier de um lugar distante? Atrás de quem vocês correrão em busca de ajuda? Onde deixarão todas as suas riquezas?” (Isaías 10:1,3)

Assim diz o Senhor: “Administrem a justiça e o direito: livrem o explorado das mãos do opressor. Não oprimam nem maltratem o estrangeiro, o órfão ou a viúva;” (Jeremias 22:3)

“A religião que Deus, o nosso Pai, aceita como pura e imaculada é esta: cuidar dos órfãos e das viúvas em suas dificuldades e não se deixar corromper pelo mundo.” (Tiago 1:27)

5) Jesus não tem pacto nem apoia a hipocrisia.
A reforma da Previdência diz que quer acabar com privilégios, mas não toca nos parlamentares.
Lembrem-se das palavras de Jesus sobre os mestres da lei e os fariseus: “Eles atam fardos pesados e os colocam sobre os ombros dos homens, mas eles mesmos não estão dispostos a levantar um só dedo para movê-los.” (Mateus 23:4)

Usar o poder que possuem para influenciar algo que prejudicará órfãos e viúvas os porá na situação descrita por Jesus: “Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês devoram as casas das viúvas e, para disfarçar, fazem longas orações. Por isso serão castigados mais severamente.” (Mateus 23:14)

6) Jesus não tem pacto nem apoia a corrupção.
É de conhecimento público que o governo está liberando emendas e nomeando para cargos em troca de apoio para a reforma da Previdência. O Ministro Carlos Marum disse expressamente que “Financiamentos da Caixa Econômica Federal são ações de governo, o governador poderia tomar esse financiamento no Bradesco, não sei aonde. Obviamente, se são na Caixa, no Banco do Brasil ou no BNDES são ações de governo. Nesse sentido, entendemos que deve, sim, ser discutido com esses governantes alguma reciprocidade no sentido de que seja aprovada a reforma da Previdência, que é uma questão que entendemos hoje de vida ou morte para o Brasil.”
Ao se colocar ao lado de quem está negociando desta forma a reforma, além da repulsa tanto das ovelhas quanto do público em geral, os senhores colocam sua boa imagem em risco.

7) Deus condenou os pastores e príncipes que exploraram o povo.
O profeta Miqueias (Miqueias 2.1) condena aqueles que planejam a maldade, cobiçando o que é do povo. É notório que há interesse dos bancos privados de reduzir a previdência estatal para venderem planos de previdência privada, explorando ainda mais a população. Ou, como diz o profeta, “atacam meu povo e além da túnica arrancam a capa”. (Miqueias 2:8)

Quando receberem aqueles que querem acabar com a Previdência, lembrem-se das advertências de Miqueias:

“Ouçam, vocês que são chefes de Jacó, governantes da nação de Israel. Vocês deveriam conhecer a justiça! Mas odeiam o bem e amam o mal; arrancam a pele do meu povo e a carne dos seus ossos.
Aqueles que comem a carne do meu povo, arrancam a sua pele, despedaçam os seus ossos e cortam-no como se fosse carne para a panela, um dia clamarão ao Senhor, mas ele não lhes responderá. Naquela tempo ele esconderá deles o rosto por causa do mal que eles têm feito. (…) Por tudo isso a noite virá sobre vocês, noite sem visões; haverá trevas, sem adivinhações. O sol se porá para os profetas, e o dia se escurecerá para eles. Todos cobrirão o rosto porque não haverá resposta da parte de Deus. (…) Seus líderes julgam a troco de suborno, seus sacerdotes ensinam por lucro, e seus profetas adivinham em troca de prata. E ainda se apoiam no Senhor, dizendo: “O Senhor está no meio de nós. Nenhuma desgraça vai nos acontecer”.
“Por isso, por causa de vocês, Sião será arada como um campo, Jerusalém se tornará um monte de entulho, e a colina do templo, um matagal.” (Miqueias 4)

8) Em tempos de crise, o diabo ofereceu a Jesus fama, poder e riquezas para que o adorasse, mas Jesus não cedeu à tentação.

Jesus, mesmo após jejuar 40 dias, negou o pão oferecido pelo tentador (Mateus 4:1,11), assim como as demais propostas feitas, terminando com a frase: “Só ao Senhor servirás”. Servir ao governo e desservir ao pobre e ao necessitado tornará qualquer um que isto fizer “aliado de Faraó” e, nas palavras de Gamaliel, “para que não aconteça serdes também achados combatendo contra Deus”. (Atos 5:39)

9) Quando Deus constitui um servo dEle como autoridade, é para proteger o povo, não para traí-lo.
Como disse Mardoqueu à Ester: “Quem sabe não foi para este momento que Deus te constituiu autoridade?”
“Pois, se você ficar calada nesta hora, socorro e livramento surgirão de outra parte para os judeus, mas você e a família de seu pai morrerão. Quem sabe se não foi para um momento como este que você chegou à posição?” (Ester 4: 4)

10) Deus espera que seus pastores e parlamentares, como todos os crentes, sejam sal e luz.

Os irmãos sabem que a sociedade está atenta ao que fazem os pastores e parlamentares evangélicos. Algumas de nossas bandeiras não são simpáticas a muitos, como a luta contra o aborto e contra a ideologia de gênero. Nesse cenário, a questão da Previdência não só tem valor por si só, mas também para mostrar que, muito antes que houvesse comunismo e socialismo no mundo, já era da natureza do cristianismo a defesa do pobre e do necessitado. Aliar-se ao governo nessa matéria significará deixar de ser sal e luz, e deixar de dar o exemplo cristão na defesa dos princípios das Escrituras. A troco de que, meus irmãos, os senhores ousariam ficar contra o povo, o pobre e os necessitados nessa questão? Ou ignoram que Deus cobrará de cada um o que fizer? Não escondam seus talentos (Mateus 25:28), mas usem-nos para honrar a Deus.

Sigam a lição de Salomão: “Erga a voz em favor dos que não podem defender-se, seja o defensor de todos os desamparados.
Erga a voz (…); defenda os direitos dos pobres e dos necessitados”. (Provérbios 31: 8,9)

Portanto, ao serem procurados pelo governo, que quer usá-los como massa de manobra para perverter o direito dos necessitados, obedeçam a Deus e ajam de forma profética. Se os governantes querem acabar com os privilégios, comecem por si mesmos, usem dados verdadeiros e argumentem ao invés de se valerem de chantagem e meios escusos.
Que o povo brasileiro, em especial a liderança e o povo cristão, se levante contra o desmonte da Previdência, contra a mentira, contra a corrupção e contra a opressão dos pobres, dos órgãos, das viúvas, dos inválidos e dos idosos.
Quanto aos que querem mentir e prejudicar o povo, que o Senhor os repreenda (Zacarias 3:2 e Judas 1:9).

Em janeiro de 2018,
William Douglas
Juiz Federal, Mestre em Direito, Escritor e Professor Universitário.

janeiro 17, 2018 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Necessário tempo de chorar

“há um tempo” […] “de prantear” Eclesiastes 3: 4

É normal não querer vivenciar este tempo, queremos ser felizes, de preferência o tempo todo. Mas as vezes vivenciamos momentos de inevitável tristeza, perda, frustração, como fim de relacionamento, divórcio, morte e tantas outras situações que nos tiram o chão.

Muitos utilizam de subterfúgios para tentar amenizar ou mesmo mascarar o luto. Eu sei como é, já fiz isto. Já agi como se nada tivesse acontecido, mesmo após uma grande perda, já entrei de cabeça em um novo relacionamento ainda estando destruída pelo anterior. Sei que também não vale a pena. Toda tentativa de fugir do tempo necessário de chorar só aumenta ainda mais a distância que há até o tempo de rir.

Até Jesus vivenciou o luto, Ele chorou a morte de Lázaro.

Max Lucado afirma que 70% dos Salmos são poemas de tristeza. E brilhantemente alerta a cerca na necessidade que temos de chorar e sentir toda a dor que nos foi causada, e isto, até que o tempo as cure:

“Entenda a gravidade de sua perda . Você não perdeu no Banco Imobiliário ou colocou as chaves no lugar errado. Você não pode fugir. Em algum momento você precisará fazer o que Davi fez. Enfrente o Luto” diz Max.

Como já utilizei paliativos para não precisar passar o tempo necessário do luto, desta vez decidi vivenciá-lo até que verdadeiramente chegasse o momento real de rir.

Como diz Bianca Toledo, o Divórcio é a maior tragédia emocional que alguém pode enfrentar. Concordo com ela, passei por isto duas vezes e não desejo isto nem para as pessoas que me julgam e que já foram de alguma forma cruéis comigo, nem mesmo para aquelas que me julgam sem saber o que aconteceu.

Dois divórcios, difícil de acreditar que odeio o divórcio tanto quanto Deus odeia. Como Advogada as vezes deixo de ganhar dinheiro porque tento de todas as formas evitá-lo na vida de outras pessoas. Aconselho, envio livros, oro e muitas vezes choro quando é inevitável, porque sei que é a coisa mais triste que alguém pode viver.

Só aconselho o divórcio em situações extremas, quando a própria vida da pessoa está risco ou quando o outro se nega  a mudar por nem mesmo admitir que está errada. Se nem Deus quer ficar conosco quando não nos arrependemos, então não posso cobrar isto de mim mesma.

Independente da forma como termina um relacionamento as consequências são sempre desastrosas, ninguém sai imune das marcas de uma separação.

Para que haja cicatrizações de todas as feridas causadas por um rompimento, é necessário tempo. É muito importante não ignorar isto.

Como Cristã, entendo que por não ter dado causa em nenhum dos meus divórcios, posso assim me abrir para um novo relacionamento.  No início, não me vi autorizada a pensar assim, afinal, errei nas minhas escolhas, por duas vezes.  Então optei pelo Celibato. Pensei, ficarei assim, até que Deus faça um milagre ou até que Ele fale verdadeiramente comigo a cerca do assunto. Até o momento não aconteceu nenhum milagre e apesar de me sentir completamente autorizada por Deus para ingressar em um novo relacionamento, Deus não falou comigo sobre o assunto ainda.

Talvez Ele tenha até falado, mas o medo que tenho de me machucar novamente não me deixa ouvi-lo. Ainda preciso de cura para isto.

Mas estou feliz, pois vivenciei o meu luto e não precisei estar com ninguém para isto e em consequência  não precisei usar ninguém para me curar. É muita crueldade machucar terceiros na tentativa de obter a cura de si mesmo.

Mesmo completamente destruída emocionalmente, tomei uma decisão e me mantive firme. Falei para mim mesma, vou ficar sozinha (sem deixar que nenhum homem se aproxime), esperarei a cura e aprenderei a ser feliz sozinha sem precisar de absolutamente ninguém para isto.  Eu consegui e lembro exatamente o momento que isto aconteceu, foi durante uma semana em Ilhabela sozinha de íntima comunhão com Deus. Ainda falarei desta semana, em outro post. Foi um marco em minha vida.

Hoje eu estou bem, feliz. Entrei no tempo de sorrir, mas para que o tempo do luto fosse abreviado, eu me permiti sentir toda dor que o divórcio causou em mim, chorei em cada momento de profunda tristeza, raiva e revolta.

Aceitar o luto e me permitir vivencia-lo o tempo necessário, abreviou o tempo da dor e me aproximou do tempo de rir. Graças a Deus por isto!!!

 

São Paulo, algum dia de Dezembro de 2017.

Lilian Divina Leite

 

dezembro 29, 2017 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

500 ANOS DA REFORMA PROTESTANTE

“O guarda de um bordel público é menos pecador que o pregador que não entrega o verdadeiro Evangelho, e o bordel não é tão ruim assim como a igreja do falso pregador. […] Considerando que o mal é feito espiritualmente e não fisicamente, ninguém o observa; mas Deus está incomensuravelmente descontente.” Martinho Lutero

Continuo sonhando com uma Nova Reforma, mas nas igrejas evangélicas. Oro para que muito de seus líderes sejam mais amorosos e MENOS OMISSOS. Oro para que possamos viver o genuíno evangelho de Jesus e assim cumprir O VERDADEIRO IDE.

P.S. Continuo amando e servindo a Jesus de todo o meu coração, independente DA DECEPÇÃO que ALGUMAS igrejas evangélicas se tornaram para mim.
Como costumo dizer para meus filhos desde pequenininhos, Deus é Deus e não tem nada a ver com “esta sujeira toda”.
JESUS e seus verdadeiros ensinamentos continuam sendo maravilhosos.

São Paulo, 31 de Outubro de 2017, 500 ANOS DA REFORMA PROTESTANTE

outubro 31, 2017 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Melhores frases do livro “O tempo entre costuras” de Maria Dueñas

“O destino são a soma de todas as decisões que tomamos ao longo da vida, até aquelas que parecem insignificantes.”

“Infelizmente nesta vida não importa quem você é, mas quem parece ser”

“As mulheres distinguem perfeitamente quando um homem nos olha com interesse e quando, no entanto, ele faz como aquele que vê uma peça de mobiliário.”

“Eu fiz o meu caminho através do fúria, recebendo olhares masculinos constantes. Não me lembro de ser o objeto de um quarto deles nos meses anteriores, quando minha imagem era a de uma jovem insegura com o cabelo preso em um coque sem amor, que caminhava com preguiça arrastando as roupas e as feridas de um passado tentando esquecer.”

“Havia cada vez menos sussurros, menos alusões a tudo o que eu já amei antes.”

“Dizem que começa a curar quando o primeiro pensamento da amanhã não é mais para ele”

“E eu também descobri, com a mais imensa inquietação, que em qualquer momento e sem causa aparente, tudo o que acreditamos ser estável pode tornar-se desalinhado, desviado, torcido e mudado.”

“A vida é mentirosa para nós muitas vezes, mas há segundas chances e o melhor ainda está por vir.”

“Eu nunca poderia ter imaginado que a sensação de ter uma agulha em meus dedos seria tão gratificante.”

 

setembro 30, 2017 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Rompendo em Fé

Hoje fui presenteada com a lembrança de uma música escrita há mais de 20 anos, Rompendo em Fé:

“Cada vez que a minha fé é provada,
Tu me dás a chance
De crescer um pouco mais
As montanhas e vales,
Desertos e mares que atravesso
Me levam para perto de Ti

Minhas provações não são
Maiores do que o meu Deus
E não vão me impedir de caminhar.
Se diante de mim, não se abrir o mar
Deus vai me fazer andar por sobre as águas

Rompendo em fé,
Minha vida se revestirá do Teu poder
Rompendo em fé,
Com ousadia vou mover no sobrenatural
Vou lutar e vencer, vou plantar e colher,
A cada dia vou viver rompendo em fé”

Quantas vezes cantei esta música de fato rompendo em fé. Em situações que humanamente falando eram impossíveis de serem atravessadas. E tudo me levou ainda mais perto de Deus com diz a música.

Hoje me vejo novamente diante de um mar que não consigo atravessar, mas continuo caminhando porque sei que de alguma forma, se diante de mim não se abrir o mar, Deus vai me fazer andar por sobre as águas.

O mar se abriu algumas vezes durante minha caminhada, outras vezes andei sobre as águas e eu sei que de alguma forma, vai acontecer de novo.

Sempre foi assim, desde a minha conversão aos 15 anos de idade, nunca quis viver com uma fé mediana, sempre quis Romper em Fé. E Deus foi bem generoso em permitir muitas montanhas e vales rs, para que eu pudesse experimentar este “Romper em Fé”.
Nos últimos anos tenho enfrentado montanhas, desertos e vales que eu jamais pensei ter que passar pela minha vida. No entanto, sinto que desta vez, estou sendo provada e aprovada como nunca antes. Verdadeiramente, tudo isto promove o meu crescimento espiritual e eu sei que estou Rompendo em Fé , mais uma vez…”com ousadia vou mover no sobrenatural” na sobrenatural força, coragem e graça de Deus. Rompendo em Fé.

São Paulo, 17 de Agosto de 2017.

agosto 17, 2017 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

ENSINA-ME (Renascer Praise)

Ensina-me a entregar meus caminhos
Em tuas fortes mãos e simplesmente nelas descansar

Ensina-me que o teu amor, teu amor Senhor
Nunca falhara, insistirá em me fazer feliz

E seu eu cair, não resistir e
Até desanimado me prostrar
Sentirei teu braço forte,
Ouvirei tua voz de amor
Teu espírito me faz ressuscitar

Ensina-me que tudo coopera para o meu bem
Ensina-me, Ensina-me
Ensina-me a viver, Ensina-me a viver

agosto 5, 2017 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

O que eu faria se minha mãe estivesse aqui?

Estava pensando agora pouco o que eu faria se tivesse minha mãe agora, não só neste final de semana, mas na vida. O que eu faria?

A primeira coisa que me vem a mente é que eu faria sua matrícula na academia para fazer zumba junto comigo, sempre penso nisto rs, uma senhora tem que fazer zumba se quiser ser feliz e saudável. Também a levaria no SESC para fazer hidroginástica, acho aquelas senhorinhas tão alegres e de bem com a vida, gostaria de vê-la conversando e rindo com elas.

Conversaria com meus irmãos para juntos contratarmos uma empregada doméstica, não iria deixar que fizesse o serviço de casa que ela odiava fazer. Dividiríamos o convênio médico e também as demais despesas da casa. E se eles não aceitassem, bem rs, Ação de Alimentos serve para isto mesmo rs, é Roberta e Marcos, eu processaria vocês sem medo de ser feliz rs

Iria na feira toda semana, ela não gostava de ir. Compraria suas frutas, legumes e verduras preferidas. A incentivaria fazer refeições saudáveis, e se ela tivesse com muita preguiça rs, faria para ela.

A levaria na CAASP para tomar o café que eu gosto tanto de tomar, e depois a levaria junto comigo para fazer uma Audiência. Sei que ela sentiria orgulho da Advogada que eu me tonei e que ela não conheceu.

Iria leva-la em Ilhabela para fazer um mergulho e ver os peixinhos, ela iria amar. A levaria também para o Rio de Janeiro que eu achei simplesmente maravilhoso, e com certeza a levaria para fazer um passeio de barco em Arraial do Cabo, para apresentar a ela a praia mais perfeita e a areia mais branquinha que já conheci na vida.

 

Não permitiria que meus irmãos falassem alto com ela, ou a ofendesse de qualquer forma. Quebraria a cara deles se a fizessem chorar rs.

 

Faria chocolate quente com rum que aprendi a fazer o ano passado. Faria todas as comidas gostosas que aprendi a fazer nos últimos 10 anos. E as que eu aprendi a fazer nos diversos lugares do Brasil onde morei e não tive tempo de fazer para ela quando estava viva.

Ela nunca tomou o Sorvetinho de Iogurte que eu vendi por tanto tempo. Se tiver os ingredientes no céu, pode ter certeza que minha mãe ainda vai experimentar meu iogurte rs, tô pensando aqui, já pensou Jesus tomando meu iogurte, Ele iria gostar…

 

Mas se ela estivesse aqui hoje, eu faria perguntas sobre sua história e a deixaria contar e falar todas as coisas que quisesse pelo tempo que precisasse.

 

Iria ficar de olho para ela não se inscrever no tal Tinder rs, a convenceria que é melhor ficar sozinha rs, iria contar tudinho pra ela rs, ela iria concordar comigo que é muito melhor ficar sozinha rs

 

Se eu tivesse um tempinho de novo com ela eu iria contar tanta coisa que eu não contei e que ela morreu sem saber. Iria ouvir os seus conselhos e quem sabe, não faria algumas coisas diferentes do que eu faço.

 

Quanto mal talvez eu tivesse evitado se tivesse aberto meu coração para ela e ouvisse os seus conselhos.

 

Mas agora não adianta mais, não importa o que eu faça, não há como voltar ao tempo ou trazê-la de volta.

 

O que eu posso fazer é dizer a você que está lendo este texto, que se você tem sua mãe viva, pense por um momento como seria sua vida sem ela e o que você pode fazer, faça não só domingo no dia das mães, mas faça todos os dias enquanto ela viver.

 

E para as pessoas que não tem mais suas mamães, quero lembrar que a vida não acaba aqui. Este não é o fim, como está escrito, podemos viver com esta esperança:

 

“Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.
Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.” 
1 Tessalonicenses 4:13,14

 

São Paulo, 12 de Maio de 2017.

Lilian Divina Leite.

 

maio 13, 2017 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Carta aberta aos Pastores – Depressão/Omissão/Atitude Cristã

Ficar espiritualizando a depressão não é só ignorância, mas é muita crueldade.

Antes de começar a falar sobre o assunto, é importante informar aos leitores que eu acredito em cura milagrosa, já tive e presenciei curas tremendas. Também acredito em anjos e demônios, inclusive, já os vi algumas vezes. Tenho plena convicção da existência do mundo espiritual. O que eu não concordo é a forma que muitos pastores tratam as pessoas com depressão. Conheço centenas de pastores, muitos são esclarecidos e não agem da forma como irei descrever. Minha intenção aqui não mandar uma indireta para nenhum deles em especial, mas fazer um alerta sobre um assunto extremamente grave.

Ninguém diz para uma pessoa com câncer que ela está assim por falta de Jesus, ou a acusa de falta de fé. Ou insinuam que pode ser demônio. Mas fazem isto com pessoas com depressão, acho isto não só uma falta de respeito, como também uma total falta de amor. Pois quem conhece a doença, sabe que tais palavras podem ajudar a matar.

Acredito que o depressivo precisa mais de ajuda de qualquer outro doente, só quem já teve a doença sabe que não existe dor pior. Mas lamentavelmente, são estas pessoas que são rotuladas, discriminadas e por vezes humilhadas dentro das igrejas.

Falo por experiência própria, não há nenhuma dor que se compare a dor da depressão profunda, a ponto de a pessoa preferir a própria morte a viver, tão terrível e desesperadora é esta dor.  (Se tiver alguma dúvida, sugiro que leia a descrição na sua bíblia, Davi, Elias e Jeremias conseguiram descrever a depressão como ninguém).

Como pastora, tive que esconder por muito tempo uma depressão profunda, pois sabia que seria alvo de preconceito. Ministrava batalha espiritual em encontros com Deus, via as pessoas serem libertas. Acredito que as vezes pode mesmo ser influência de demônios, mas sei que assim como qualquer outra doença, na maioria das vezes isto não tem absolutamente nada a ver com demônios ou questões espirituais, é só uma doença que precisa ser tratada com medicação e terapia.

Deus pode fazer um milagre? Claro que pode, da mesma forma que pode fazer um paralítico andar. Aí eu te pergunto, quantos paralíticos você tem visto andar ultimamente? Então…

Imagina um pastor ou bem intencionado irmãozinho chegando para um paralítico e dizendo: ” _você precisa se levantar!! _Tem certeza que não precisa confessar algum pecado? _Você ainda não foi curado porque não tem fé!! _Isto só pode ser demônio, já procurou o grupo de libertação para te ajudar?”

As vezes as pessoas fazem isto com depressivo por pura ignorância, mas por vezes agem assim porque é mais fácil julgar do que estender a mão.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) 5,8% da população do Brasil sofre com a depressão, um total de 1,5 milhões de brasileiros. Significa dizer que a cada mil membros, aproximadamente 60 estão com depressão. Pela experiência, ouso a dizer que é bem mais que isto.

A OMS, afirma que a depressão é a doença mais incapacitante do mundo, a segunda maior causa de morte entre os jovens de 15 a 29 anos. É assustador, mas a cada 4 segundos alguém se mata, cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio a cada ano. Não é um assunto para ser ignorado.

E aí, diante desses dados e sabendo que tais pessoas podem vir a si matar, vamos facilitar as coisas para que estas pessoas possam se abrir ou vamos estigmatizar o depressivo para que ele tenha medo de contar a verdade?

É bom lembrar que  a omissão não é uma opção muito Cristã.

Ficar espiritualizando a depressão não é só ignorância, mas é crueldade.

Será que não temos ajudado a piorar a situação dessas pessoas com nossas atitudes ou com a nossa omissão?

Será que não temos ajudado a pessoa com Depressão a chegar a conclusão de que a única saída é o suicídio?

Com todo amor, em nome de Jesus, eu imploro aos líderes espirituais, vamos pensar sobre o assunto?

São Paulo 22 de Abril de 2017.

Lilian Divina Leite

https://nacoesunidas.org/depressao-e-tema-de-campanha-da-oms-para-dia-mundial-da-saude-de-2017/

 

abril 22, 2017 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Arrancar os Olhos

“E se o seu olho o fizer tropeçar, arranque-o e jogue-o fora. É melhor entrar na vida com um só olho do que, tendo os dois olhos, ser lançado no fogo do inferno”.  Mateus 18:9

por John Piper

“Muitos crentes pensam que lutam contra a tentação quando oram por livramento e esperam que o desejo desapareça. Isto é muito passivo. Sim, Deus opera em nós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade! Mas o resultado é: “Desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor” (Fp 2.12-13). Arrancar os olhos talvez seja uma metáfora, mas expressa uma atitude violenta. O cérebro é um “músculo” que devemos exercitar em busca de pureza, e o cérebro do crente é fortalecido com o poder do Espírito de Cristo. Isto significa que não devemos dar mais do que cinco segundos a uma imagem ou um impulso sexual, antes de lançarmos um contra-ataque violento em nossa mente. Isso mesmo! Cinco segundos. Nos dois primeiros segundos, dizemos: “Não! Saia de minha mente”. Nos dois próximos segundos, clamamos: “Ó Deus, em nome de Jesus, ajuda-me. Livra-me agora. Eu sou teu”. Este é um bom começo. Mas a verdadeira batalha está apenas começando. É uma batalha da mente. A verdadeira necessidade é lançar fora da mente a imagem e o impulso. De que maneira? Traga à sua mente uma contra-imagem que exalta a Cristo e cativa a alma. Lute. Empurre. Ataque. Não diminua o empenho. Tem de ser uma imagem tão poderosa, que as outras não sobreviverão diante dela. Existem pensamentos e imagens que destroem concupiscências. Por exemplo, nos primeiros cinco segundos da tentação, você já exigiu de sua mente que ela se fixasse, com firmeza, na forma de Jesus Cristo crucificado? Imagine isto: você acabou de ver uma moça com uma blusa transparente queo motivou a fantasiar. Você tem cinco segundos.“Não! Saia de minha mente. Ó Deus, ajuda-me!” Agora, exija de sua mente que ela fixe sua contemplação na cruz de Cristo — isto pode ser feito por intermédio do Espírito Santo. Use todo o seu poder de imaginação para ver o lado ferido de nosso Senhor. Trinta e nove chicotadas deixaram pouca carne intacta. O corpo do Senhor se move para cima e para baixo, por causa de sua respiração, sobre a trave vertical da cruz. Cada respiração introduz lascas na carne lacerada. O Senhor ofega. Em alguns momentos, Ele geme, sob a dor insuportável. Ele tenta se mover na madeira, mas os cravos O impedem, travando os seus pulsos e atingindo os terminais dos nervos. Ele geme com grande agonia e procura mexer os pés, para trazer algum alívio a seus pulsos. Contudo,os ossos e nervos de seus pés traspassados se comprimem um contra o outro, com agonia, de modo que Ele geme novamente. Não há qualquer alívio. A garganta dEle está seca por gemer e sentir sede. Ele perde a respiração e pensa que está sufocado. E, de repente, seu corpo suspira por ar, e todas as feridas doem. Em intensa aflição, Ele se esquece da coroa de espinhos de seis centímetros e, em desespero, inclina para trás a cabeça, batendo um dos espinhos perpendiculares contra a trave da cruz, fazendo-o penetrarem sua cabeça. Sua voz ecoa um tom agudo de dor, e soluços irrompem de seu corpo, traspassado e dolorido, enquanto cada gemido traz mais e mais dores. Agora, não estou mais pensando naquela blusa. Estou no Calvário. Estas duas imagens são incompatíveis. Se você usar o vigor de seu cérebro para buscar e se fixar em — com todo o poder de seu pensamento — imagens de Cristo crucificado, com a mesma energia criativa que usa nas fantasias sexuais, você aniquilará essas fantasias. Mas você tem de começar nos primeiros cinco segundos e não desistir. Portanto, a minha pergunta é: você luta, em vez de apenas orar, esperar e tentar evitar? É imagem contra imagem. É um conflito mental, impiedoso e contínuo. Não basta apenas orar e esperar. Una-se a mim neste conflito sangrento, a fim de mantermos o corpo e a mente puros para o Senhor, para minha esposa e para a igreja. Jesus sofreu além do que podemos imaginar, a fim de “purificar, para si mesmo, um povo exclusivamente seu” (Tt 2.14). Todo clamor e suspiro de Jesus tinha o objetivo de matar a minha concupiscência — “Carregando, ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos aos pecados, vivamos para a justiça” (1 Pe 2.24).”

John Piper

abril 15, 2017 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: